são mais de 5, da manhã. E eu aqui… impávida, intrépida… descabelada, de pijama, com uma olheira desse tamanho!
Até que me cái bem, este papel, de decadência. Acho por sinal, um charme. Fico com os pés encima da cadeira, segurando a caneca, ainda quente, do café que acabei de fazer. Olhando a minha mesa, tão bagunçada… entre papéis e esboços, o livro do Jabor que eu nunca termino, umas 4 canecas de café. vazias. um outro livro, do vinicius, que é pra eu amar. Ah tão viris, esses meus homens de verdade! que me escrevem, os livros. E não me enchem o saco. Vinícius costuma dizer, que o melhor amigo do homem, é o wisky, praticamente um “cachorro engarrafado”. Pois é, ato falho, acontece. Ele não devia ler jabor e tomar café. Porque, fazia muito samba e amor… até mais tarde.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s