antes das seis.

Os relógios estão perdidos,
em qualquer lugar
entre ontem e amanhã.
Todos os barulhos,
antes das 6,
fazem barulho.
Mas não importa.
porque o resto do mundo,
ficou surdo.

eu escrevo.
os outros dormem.
todos eles.

e os comerciais…
não acabam nunca.

A madrugada é infinita.
pesada e fria.

O silêncio não cala.

levou nossa cama.
comeu nossa vida,
dormiu nosso sono.
mas o sonho…
nem percebeu,

que esquecemos de dormir.

.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s