diário para alzehimer.

Sou tudo o que eu não queria ser, tomo dipirona sódica, prefiro ir apé, sempre perco meu telefone e não tenho saco pra terapia, psicologia, ou danceteria. Gosto de vacas e nunca achei a lua bonita. Tenho um jeito pateticamente igual de escrever. meio cheio de pontos, meio rimado, meio sem sequência. Prefiro comer nutella com o dedo, acho que tenho intuição, acho coisas de mais, e quase nunca estou certa.
Isisto, desisto, tomo café sem doce, e nem percebo.

talvez as coisas estejam fora do lugar.
sábado tem jogo do galo,
preciso visitar meu sobrinho,
e comprar sapatinhos do galo, também.
vou dormir… tá tarde.

.

Anúncios

2 comentários sobre “diário para alzehimer.

  1. – esquece – esquece – esquece –
    pra não lembrar que a vida é doída.
    faz frases com reticências pra dar liberdade a expressão.
    esconde, esconde….
    por que tem medo do espelho.
    AMA AMA ANa.
    tanto… que parece maluca.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s