rádio

Pela janela, a vulnerabilidade. e tudo que eu tirei daqui, de mim, e de ti, essa semana. que não foi das melhores.
Mas é só ligar o rádio, e fazer de conta que as ondas arrastam pro mar, que toda nuvem é de algodão doce, que toda abóbora vira carruagem, e todo sapo vira príncipe.
Esquece… não vou com a cara do Maquiavel, e abóbora, só em outubro.
Mas faz tanto frio no meu verão. Não sei se sou eu, ou se foi o sol, quem perdeu a hora. Perdi tanta coisa… juizo, um brinco, o siso, umbigo, a certeza, o norte, um porre! outro! e outro! ah… merda!

desliga o rádio! e conta, quantos faz de conta, quantos pontos, gastamos para aumentar contos. Tantos amigos, e todos tontos. Embaralhados às cartas, da noite passada.

Quantas declarações, jogamos ao vento. Faz tanto tempo…
e ainda tem vento no seu cabelo.

quebra esse rádio! é tudo mentira!!! as ondas, o doce, o algodão. a fé, a religião. o porre, ahn.. o porre não.

A gaita do Hector

Dei minha gaitinha vermelha.
pro seu gatinho cinza.
ele toca, dança e chora.
dó – re – mi – faz bagunça quando arruma rumo.

Eu caneta em papel cartão.
sem coração nem mata borrão.
você sem guarda-chuva.
nem medo de chuva.

Enquanto o mundo pira eu paro.
penso, reparo, esqueço e piro junto.
Se você se retira eu fico.
sem rima, nem refrão.

Uns com mais e uns com menos convicção.
A certeza é uma mesa,
posta junto ao cume do vulcão.

retrospectiva

Enlouqueci.
Não comi lentilha, nem pulei 7 ondas. Não estive do seu lado… nem do meu. Brindei com coca-colla em copo de plástico, pra esquecer que era coca-colla. Tive medo do futuro, e saudade do passado. um lapso… tão curto como a linha entre a mentira e a verdade. Depois pensei nas guerras, nos que tem fome, nos que assistem filmes americanos. E me senti egoísta, enquanto colocava balas no bolso do casaco.

Desejei, com o queixo sobre a mesa, ter algo para arrepender, e para orgulhar depois. De me jogar, na falta do medo de errar. Então um brinde! Aos mortos do fim de ano, e ao meu coração, que queima, e não acaba com os fogos.

De quem era mesmo aquele casaco???