Que só quando cruza a Ipiranga com a avenida São João

cafe-na-janela.jpg

 – O meu seria amargO. E a conversa seria boa.

– paulistanos gostam de café forte.
eu gosto leve e sempre.
paulistanos gostam da vida leve e sempre.
eu gosto forte.

– Quanto lirismo mineiro. Eu gosto muito!

– anA, as fotos quase cantam – ou cantam também, não sei – : “… quem te conhece não esquece jamais! …”.

– “alguma coisa acontece no meu coração…”

Anúncios

4 comentários sobre “Que só quando cruza a Ipiranga com a avenida São João

  1. max é um amigo paulistano.
    um amigo tão querido… e tão velho…
    mais velho que todos os anos, dias, loucura e lucidez.
    que todos aqueles livros comidos por traças.
    mais velho que a filosofia e a agunia.

    max é a prosa feita em papel de pão.
    a poesia que ninguém sabe da onde vem.

    max é um sujeito tímido.
    que só sabe rir da minha cara de boba.
    e toma café forte.

    Toca descompassadas e ritimadas batidas de coração.

    no fim..
    só um sujeito simples.
    desses que esbarramos pelas esquinas da vida.
    pai da Ká, namorado da Bíula…
    e nas horas vagas, toma café comigo… nas melhores cafeterias de são paulo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s