exagero expressivo

De tão vagabundo entende tudo. Sabe muito porquê viu de mais. Sabe nada! Como os que muito aprendem.

Sai batendo por aí, pra qualquer um na rua. Distribuindo beijos em outdoors. Caindo aos pedaços. dilacerado. esfarrapado. remendado. vagabundo!
Acelerado. abalado. sobressaltado. disparado. Vagabundo!

Bate por qualquer música vadia. por qualquer estrela bandida. rima perdida. Bate sem rebate. Pelo gosto de bater e de vagabundo ser.
Bate na mesa do buteco sem precisar dizer: “mais uma”.
Bate com gosto, vagabundo por profissão.

Açoitado por palavras cotidianas e pães dormidos amanhecidos com o dia, comidas italianas, bancas de crianças. E lá vai… vagabundeando pelo mundo. Batendo só por bater.
Gritando. berrando. sorrindo. gargalhando. chorando. morrendo. batendo!  pulsando!

Sangrando. pra lembrar que está vivo.
Vagabundo!

Engolindo tudo e vomitando pelas esquinas.
Mal comidas angústias, mal vividos amores. Vomita, e vomita. Depois sacode. E vagabundeia na busca do vômito de amanhã.

Ah vagabundo… se te arrancasse do meu peito, com todos teus amores mal cozidos. Passando pela garganta sentindo seu sangue, engolindo teu sacro fardo. Vomitar-te-ia. Desfaleceria e morreria. Porque sem tu vagabundo. Meu peito desmerece ser peito. Minha lágrima soluça sem chorar, meu riso não acha graça, meu canto não encanta. Sem tu Vagabundo… meu sangue esfria, minha retina desfalece, meus sentidos não opinam. Minha vida não vive, Minha morte não morre. Antes tu coração vagabundo. Do que a paz artificialmente colorida.

Anúncios

16 comentários sobre “exagero expressivo

  1. iiiiiiiiiiii gostei desse texto nãooo
    q q é isso hem??
    trsiteee
    mas como sempre nem entendi mto né =)
    saudades de vc minha poeta.. a menina das palavras.. a menina que eu amoo .. a minha amiga doida que eu cuido!!
    se cuida nega!
    te amo
    Bjuu

  2. ***Ana
    …Ah vagabundo… se te arrancasse do meu peito, com todos teus amores mal cozidos…
    ***Jim
    Você é uma moça de sorte na cidade da luz
    Ou só mais um anjo perdido… cidade da noite
    ***Ana
    Sem tu Vagabundo… meu sangue esfria, minha retina desfalece, meus sentidos não opinam.
    ***Jim
    Vejo que seu cabelo está em chamas
    Os morros estão cobertos de fogo
    ***Ana
    Minha vida não vive, Minha morte não morre. Antes tu coração vagabundo. Do que a paz artificialmente colorida.
    ***Jim
    Se eles disserem que nunca te amei
    Você sabe que eles são uns mentirosos
    ***Jim
    Você é uma moça de sorte na cidade da luz
    Ou só mais um anjo perdido… cidade da noite.

    Quem entende **VAGABUNDOS**….né…Ana!
    http://the-doors.letras.terra.com.br/letras/436268/

    Continue escrevendo,
    que continuo lendo.
    Inté!!!

  3. “Bate por qualquer música vadia.”
    bate pelo meu piriri pom pom tbm???

    “vagabundeia na busca do vômito de amanhã.”
    profundo isso

    “Vomitar-te-ia”
    gostei de ver riman.. conjugando o futuro certinho!

    Minha lágrima soluça sem chorar, meu riso não acha graça, meu canto não encanta. Sem tu Vagabundo… meu sangue esfria, minha retina desfalece, meus sentidos não opinam. Minha vida não vive, Minha morte não morre. Antes tu coração vagabundo. Do que a paz artificialmente colorida.

    amei isso..
    ou, poderosíssimo esse texo eim eim!
    =]] c tah ficando fina dimais (naum literalmente)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s