um amigo viado,um amor inabalável,um versinho nem alegre,

um amigo viado,
um amor inabalável,
um versinho nem alegre, nem triste.
como o mês de maio.

Anúncios

Versinho pra domingo


A festa acabou
e tanto faz se teu sorriso não veio,
se o abraço não veio,
se o domingo de sol não veio.

Porque você esta na minha rima,
no meu escândalo,
nos meus discos, sonetos e porres.
Em todos eles.

E até aonde não combina,
você está

no chorinho da minha cachaça.
No avesso do meu verso.
No refrão da minha loucura
e do meu bolero.

Mas festa acabou
em um domingo de sol.

Japonesa

Te amo porque te amo. Por todos os cafés, músicas e anos. Te amo porque você é a japa do meu coração, da poesia e sentava do meu lado na aula, na hora do café e até na sinuca do bar do real. Porque você faz brigadeiro de madrugada e nunca me deixa sozinha nos festivais de cinema. Porque a gente gosta de café, fotografia e bandeirolas coloridas. E porque você faz mais parte de mim do que todas as poesias de Drummond juntas, eu te amo.

Acontece

6331795637_31c08116a3_z

Eu sou ironia, você é indireta. Podemos ser parecidos, podemos ser opostos, podemos ser feitos um para o outro. E no fim, seremos apenas o nosso desentendimento.

Quando abro os olhos, você entendeu tudo errado e eu não entendi nada. Sou bem direta e você entende, depois brinco, ironizo e você desentende. Sua voz cala e eu entendo. Depois você confunde, não explica, eu entendo ironia e deixo pra lá.

Quase sempre, você esquece de dizer que tudo tem um segundo sentido, e eu me esqueci de te lembrar que nem tudo tem.

vícios e desvios

IMG_1403

Estranho, como eu nunca vou deixar de lado algumas manias, alguns vícios, músicas, fotografias e livros, como sempre vou achar um saco a cor do meu cabelo e voltar para as coisas que jurei nunca mais olhar. As vezes me sinto como ele, um microondas, requentando velhos sentimentos.

A vida é um cavalo de tróia, aonde o amor sempre estraga tudo. E o amor… ah, o amor é uma bicicleta, que quando você aprende a andar, alguém vem e tira as rodinhas.